Transformador monofásico: como escolher

| Informativos
Transformador monofásico: como escolher

Transformador monofásico: como escolher

Primeiramente devemos especificar quais as características de nosso transformador, sabemos que as especificações de um transformador estão relacionadas a tensão e potência do mesmo, sendo assim devemos responder três perguntas básicas, são elas:

Qual a tensão de alimentação que o transformador irá receber em seu enrolamento primário?

Qual a tensão que será fornecida pelo transformador em seu enrolamento secundário?

Qual a potência máxima dissipada pelo transformador?

A partir da identificação destes pontos começamos a estruturar o projeto. Usaremos como exemplo então a seguinte necessidade:

Tensão do enrolamento primário: 127V

Tensão do enrolamento secundário: 24V

Potência máxima dissipada: 250VA

Dimensionamento do transformador monofásico

Com o auxílio do software “Dimensionamento de Transformador” obtemos as dimensões do núcleo e dimensões dos condutores a serem utilizados na construção de nosso transformador monofásico.

Material necessário para a montagem:

fio magnético esmaltado

Este tipo de fio é aplicado em enrolamento de motor, bobinamento de transformador monofásico, trifásicos entre outros. Possui um revestimento de verniz que garante a isolação do condutor e a capacidade de suportar temperaturas elevadas cerca de 200°C (A Temperatura suportada varia em função do tipo: HS – Camada Simples ou HD – Dupla Camada), possui capacidade de resistir a umidade e proporciona ao condutor resistência a produtos abrasivos, características dielétricas e choque térmico. Este tipo de condutor pode se apresentar em formato redondo, quadrado ou retangular para diferentes aplicações e potências.

Lâmina de ferro silício para o núcleo

Construído de material ferromagnético, o núcleo do transformador monofásico é construído por lâminas/chapas de ferro silício. Cada uma das lâminas é isolada com uma espécie de verniz, este verniz vai evitar o contato elétrico entre as placas prevenindo o transformador de perdas por Histerese e Foucault. Diferentes modelos de núcleos podem ser encontrados, em nosso exemplo trabalharemos com o núcleo do tipo E+I que tradicionalmente é o mais utilizado em transformadores monofásicos de baixa potência.

Papel isolante parafinado

transformador monofásico como sabemos o transformador (transformador monofásico) no mínimo, possuirá dois enrolamentos, o primário e o secundário, podendo ainda existir transformadores com múltiplos enrolamentos secundários para diferentes tensões de saída. É fato que estes enrolamentos distintos não poderão, de forma alguma, entrar em contato elétrico uns com os outros (mais precisamente: curto-circuito), para evitar isto fazemos uso de um papel especial que realiza a isolação das bobinas, este papel é o papel parafinado. Este papel recebe um banho de parafina para auxiliar na eliminação da umidade causadora de baixa isolação do transformador.

Termocontrátil

transformador monofásico é muito importante garantir uma excelente isolação nos terminais que serão disponibilizados no transformador, uma boa maneira de realizar a isolação é fazer uso do termo contrátil nestas conexões. Todas as conexões ente o fio magnético esmaltado e os cabos que serão os terminais dos enrolamentos devem, sem exceção, ser devidamente soldados para um melhor desempenho, ou seja, com os terminais soldados teremos uma melhor resistência mecânica e também a eliminação do aquecimento por mal contato. Além de garantir o isolamento ideal para o transformador, o termo contrátil dará a seu transformador um excelente acabamento agregando um valor estético perfeito.